Reviver recebe convênio da Prefeitura e Câmara Municipal

Matéria publicada em 18 de junho de 2015, às 11h40.
DSCN8184

Por Renata Mofatti

Na última terça-feira (16), foi realizada na Associação de Apoio Terapêutico Reviver, localizada no Bairro Funil, às 17h00, a entrega simbólica do repasse à Instituição filantrópica no valor de 254.293, 32 (duzentos e cinquenta e quatro mil, duzentos e noventa e três reais e trinta e dois centavos) destinados aos custeios da Instituição.

O repasse entrou em conta na última sexta-feira () e segundo a coordenadora Érika Lopes Faria, a outra parte virá daqui há quatro meses.

A reunião contou com a presença da diretoria, voluntários, autoridades, além da prefeita municipal de Mimoso do Sul, Flávia Cysne e do Presidente da Câmara de Vereadores, Marcelo de Moares Pessanha, que fizeram o repasse oficial assinado pelo Presidente da Associação, Padre Gilberto Silva.

A população tem acompanhado de forma transparente todas as dificuldades passadas pela Casa que tiveram seus funcionários com salários atrasados e toda a despesa da instituição criteriosamente detalhada no que diz respeito os cuidados e tratamento com dignidade oferecidos tanto aos dependentes químicos, quanto aos idosos das casas lares instaladas em Mimoso do Sul.

A Reviver, vai cada vez mais mais longe, ampliando e começando a inaugurar, através de seus profissionais capacitados, casas de apoio nas cidades de Vargem Alta, Piúma e Ibatiba. Além de receber convites de outros municípios para instalação do trabalho.

De acordo com o vereador Tony Rio, a causa da Associação e desenvolvida de forma ímpar e para que tudo possa caminhar é necessário saber que o problema do repasse, neste ano, está resolvido, mas no ano que vem a despesa é de mais de R$ 1.500.000,00 (um milhão e quinhentos reais) e não temos a garantia de que vamos conseguir esse valor. “Solicito aqui em público que cada vereador, secretário e demais autoridades que tenham influencias políticas intercedam pela Reviver no sentido de conseguir emendas para essa instituição que está mais do que provada a sua referencia estadual. Afinal, os idosos vão continuar, os dependentes químicos também e que ficará por conta deles se não houver custeios?”, destacou.

Para o Presidente da Associação, Padre Gilberto Silva, a parceria formada com o município satisfaz tanto “o bolso” da municipalidade  e a equipe Reviver  que atenderá prontamente o ser humano. “Nossa marca é o serviço ao ser humano e sem fins lucrativos. Temos um trabalho sério e não pretendemos parar”, enfatizou.

Outras questões como a compra do terreno do Sítio Reviver que há anos se arrasta em promessas e compras que não são efetivadas também foram abordadas e também exemplos sólidos de pessoas que saíram da dependência e hoje estão inseridas no mercado de trabalho. “De dez dependentes que entram na Casa Reviver em busca de tratamento, seis saem curados”, finalizou o Padre.

Com o repasse, os funcionários foram pagos e as despesas cobertas.

A Casa Reviver está de portas abertas!

DSCN8157

DSCN8160

DSCN8163

DSCN8164

DSCN8165

DSCN8169

DSCN8171

DSCN8178

DSCN8180

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *