Você in Foco

Obras e Defesa Civil explicam sobre a pedra do Monumento ao Cristo

Sábado, 20 de Abril de 2019 às 03:33

Por Redação in Foco
Segunda-feira, 08 de abril de 2019, às 16h30.
IMG_20190408_123904393_HDR
 

Por Redação In Foco

Com o medo e apreensão de moradores de Mimoso do Sul sobre o risco de queda de uma pedra localizada no Monumento ao Cristo, o Site Mimoso In Foco entrou em contato com a Secretaria Municipal de Obras e Defesa Civil para explicar a gravidade da situação exposta.

Há setenta anos que a Pedra representa riscos, abaixo dela estão situados o Hospital, Delegacia (que vai para outro local de atendimento), o Bairro Morro da Palha (no Casarão).

A proposta imediata é buscar apoio via Governo Estadual e Federal para a remoção dessa pedra e tranquilizar assim toda a população.

Preparamos algumas peguntas referentes ao assunto que foram respondidas pelo Secretário Municipal de Obras, senhor Márcio Rasselli.

Por qual meio foi realizada a análise de riscos e qual risco representa?

A análise foi realizada pela Defesa Civil Estadual. E o Risco é Grau 3.

A delegacia está saindo do local por esse motivo (risco da queda)?
Sim.

O valor da remoção da pedra hora em torno de quinze milhões?
Ainda não chegamos ao orçamento final, mas gira em torno deste valor.

O que a Prefeitura/Defesa Civil vai fazer com relação ao fato?
Primeiramente buscamos apoio ao DER/ES Departamento de Estradas e Rodagem do ES, através dos Engenheiros que estão fazendo o levantamento para apresentar qual a melhor ação para conter os deslizamentos. Em segundo plano, realizamos a Notificação a Delegacia e o Hospital relatando dos riscos existentes. Aos moradores do Morro da Palha (CASARÃO) está sendo realizado o estudo social para apresentar aos mesmos o aluguel social, até que seja providenciando o estudo final para apresentar aos órgãos financiadores do Governo Estadual e Federal.

Quem pode, efetivamente, resolver essa questão?
As empresas que se enquadrarem nos critérios do laudo final do orçamento.

O que fazer com os moradores das redondezas e com o Hospital Apóstolo Pedro?
O Hospital já foi notificado. Neste momento está sendo analisado pela administração do hospital e o executivo municipal a melhor alternativa para não paralisar os atendimentos e manter a segurança dos usuários bem como do corpo clínico.
Quanto aos moradores da redondeza estamos mapeando, como já respondemos no acima.

Busca

Mimoso in foco 2013 - Todos os direitos reservados
renatoalcantara.com