Religião

Pastoral da Criança comemora Jubileu de Prata

Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019 às 06:14

Por Redação in Foco

Sábado, 17 de agosto de 2019, às 20h00.

DSC_0205

Por Redação In Foco

Na manhã de sábado, dia 17, às 09h00, foi comemorado o “Jubileu de Prata” da Pastoral da Criança pelos 25 anos de serviços prestados à comunidade.

Celebrada por Padre Ériton, a missa comemorativa destacou o trabalho voluntário das 26 comunidades que trabalham ativamente com o principal objetivo de acabar com a mortalidade infantil, através de acompanhamento no pré natal às gestantes do município.

Aproximadamente 700 crianças são atendidas e recebem o carinho e assistência de uma equipe que zela pelo compromisso em ajudar a quem precisa. Situado à Rua Siqueira Campos, próximo ao Escritório de Contabilidade do Baiano, o local está de portas abertas de segunda a quinta-feira, das 08h00 às 11h00 para auxiliar as comunidades.

Como complemento da ação, destaca-se o Projeto de Medicina Alternativa que atende em Mimoso do Sul, cidades vizinhas e até pessoas de outros estados. “É um trabalho de “formiguinhas” e a matéria prima sai da horta cultivada no Polivalente onde temos mais de cento e cinqüenta espécies medicinais num trabalho fitoterápico que completa 24 anos. Existe um custo cada medicamento, mas é um custo simbólico e serve mais para manter o serviço oferecido”, explica Sérgio.

Durante a missa, aconteceram muitas homenagens a todos que de forma direta ou indireta contribuíram de forma positiva com a causa social desenvolvida. Para Zezé Menechinni, que foi coordenadora por vinte anos, este é o momento de celebrar e multiplicar as boas novas, agradecer a todos por tanto empenho e, acima de tudo, dar continuidade a esse projeto tão lindo, humano e de doação ao próximo. “E aqui estou com minha família e meus amigos vivendo a alegria de receber abraços e carinho daqueles que tanto nos ajudaram”, conta, muito emocionada.

Em forma de carinho e compartilhando a alegria, foram servidos após a missa comemorativa bolo, cachorro quente e refrigerante celebrando os 25 anos de história da Pastoral da Criança.

Saiba mais
A Pastoral da Criança, organismo de ação social da CNBB, alicerça sua atuação na organização da comunidade e na capacitação de líderes voluntários que ali vivem e assumem a tarefa de orientar e acompanhar as famílias vizinhas em ações básicas de saúde, educação, nutrição e cidadania tendo como objetivo o “desenvolvimento integral das crianças, promovendo, em função delas, também suas famílias e comunidades, sem distinção de raça, cor, profissão, nacionalidade, sexo, credo religioso ou político” (Artigo 2º do Estatuto).

Visão
Trabalhamos por um mundo sem mortes materno-infantis evitáveis e onde todas as crianças, mesmo as mais vulneráveis, viverão num ambiente favorável ao seu desenvolvimento” (Cf. Isaías capítulo 65, a partir do versículo 16).

Missão
“Para que todas as crianças tenham vida em abundância” (Cf. Jo 10, 10).

A missão da Pastoral da Criança é promover o desenvolvimento das crianças, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, do ventre materno aos seis anos, por meio de orientações básicas de saúde, nutrição, educação e cidadania, fundamentadas na mística cristã que une fé e vida, contribuindo para que suas famílias e comunidades realizem sua própria transformação.

Crenças
• Partilha e Solidariedade.
• Deus se revela preferencialmente aos pobres.
• Fé é Vida: vivenciar a fé, por meio de ações concretas na comunidade.
• A glória de Deus é a vida.

Valores
• Adesão à missão da Pastoral da Criança.
• Ética (transparência, honestidade, justiça, equidade).
• Simplicidade.
• Não discriminação.
• Compromisso com os resultados.
• Perseverança.
• Valorização das crianças, gestantes e das famílias.
• Alegria em servir.
• Multiplicar o saber.
• Ir ao encontro, buscar proximidade.

Fundação
Fundada em 1983, na cidade de Florestópolis, Paraná, pela médica sanitarista e pediatra, Dra. Zilda Arns Neumann, e pelo então Arcebispo de Londrina, hoje cardeal emérito, Dom Geraldo Majella Agnelo. A Pastoral da Criança hoje se faz presente em todos os estados brasileiros e em outros 10 países da África, Ásia, América Latina e Caribe.

DSC_0128 DSC_0130 DSC_0134 DSC_0135 DSC_0138 DSC_0142 DSC_0146 DSC_0147 DSC_0148 DSC_0149 DSC_0152 DSC_0153 DSC_0157 DSC_0158 DSC_0163 DSC_0170 DSC_0176 DSC_0177 DSC_0178 DSC_0179 DSC_0181 DSC_0205 DSC_0207 DSC_0209

DSC_0212 DSC_0213 DSC_0217 DSC_0221 DSC_0223 DSC_0226 DSC_0228 DSC_0229 DSC_0230 DSC_0236 DSC_0239 DSC_0241 DSC_0245 DSC_0248 DSC_0251 DSC_0254 DSC_0256 DSC_0261 DSC_0263 DSC_0266 DSC_0269 DSC_0270 DSC_0278 DSC_0280 DSC_0285 DSC_0293 DSC_0299 DSC_0305 DSC_0310 DSC_0316

DSC_0327 DSC_0330 DSC_0335 DSC_0337 DSC_0338 DSC_0342 DSC_0349 DSC_0350 DSC_0352 DSC_0354 DSC_0360

Busca

Mimoso in foco 2013 - Todos os direitos reservados
renatoalcantara.com