Política

DIÁLOGO, PARCERIA E AÇÃO: Pastoral da Juventude promove Roda de Conversa com Prefeito

Sábado, 18 de Novembro de 2017 às 15:28

Por Redação in Foco
Domingo. 23 de abril de 2017, às 11h30.
DSC_0400

Grupo formado pelo prefeito, secretariado, Padre Eriton, Pastoral da Juventude, EAC e Catequese unidos para solucionar problemas do município através de diálogo e conhecimento da realidade atual.

Por Redação In Foco

A Pastoral da Juventude realizou na tarde de sábado (22) no Salão Paroquial uma Roda de Conversas com o Prefeito Municipal de Mimoso do Sul Angelo Guarçoni (Giló) com o objetivo de levar propostas, questionamento e conhecer a realidade do município através do diálogo. Temas como oportunidade de emprego e renda, repasse escolar, criação de cota para a juventude, cães abandonados nas ruas, universidade, questões financeiras, cultura, esporte, pontos turísticos foram levantados neste encontro que promete ser o primeiro de muitos que virão.

Segunda uma das idealizadoras do projeto Joyce Janaína a Pastoral tem como uma das premissas o fato de não ser somente um movimento religioso, mas sim um movimento social e político. Para ela, a presença dos jovens em assuntos de interesses em comum reforçam a participação do povo nas ações da democracia.

Antes da Roda de Conversa, o jovem Pedro Aquino discorreu sobre o significado real da democracia demonstrando que as intenções do povo, que a escolha do povo deve prevalecer contando com a política no sentido de poder ouvir seus clamores através do diálogo em momentos participativos.

Para o prefeito, o Fórum com a participação da juventude não deve se resumir num único evento, mas permanente com discussões de ideias. Muitas das vezes conseguimos colocar projetos em práticas com boa vontade e ajuda da parceria privada. Nós acreditamos nos jovens de nossa terra! E por acreditar, nós que já contribuímos e vocês que estão aqui hoje, saibam que serão o futuro de nosso município, cabe também a vocês trazer ideias ou começar a trabalhar o município que queremos para nós no futuro. O caminho é esse: diálogo, conhecimento das ações, propostas de forma respeitosa primando pela transparência”, explica.

Antes de responder aos questionamentos levantados pela equipe de jovens, o prefeito citou algumas ações referentes a Educação no município.

“Tivemos um grande trabalho de 2009 a 2012 com o início de uma célula do IFES em nosso município, através do IFES de Alegre, trazendo oportunidade aos jovens nas áreas técnicas, além dos cursos de capacitação e qualificação. Recebemos neste ano a visita da equipe do IFES om a intenção e atendendo ao nosso pedido de trazer mais uma vez o braço daquele instituto para Mimoso, inicialmente com Curso Técnico de Manutenção em Informática e depois, num espaço mais breve possível, o Curso de Agro Indústria para trabalhar a fixação dos jovens aos campos, mostrando que a terra bem trabalhada pode ser produtiva. Como somos um município agrícola e pecuário, vamos fortalecer assim a agricultura dentro desse viés sempre inovando. O mais importante é a nossa busca incansável! Desde a primeira gestão, estamos na luta para trazer o PRONATEC. Naquela época diagnosticamos a área que Mimoso entraria com todas as obras de infra estrutura para que pudéssemos doar uma área de 12 m² para que se fosse construída nossa Escola Técnica para Mimoso com capacidade de 600 alunos. Mas tudo só é possível se colocarmos como prioridade essas ações, diminuir e cortar os gastos fechando as torneiras do desperdício para fomentar todas as nossas ideias, pedidos, etc. Afinal, dependemos de recursos financeiros e neste momento que atravessa o país, isso reflete muito nos municípios com a queda de receitas”, relata.

DSC_0345

ABAIXO ALGUMAS PERGUNTAS ELABORADAS PELA JUVENTUDE:

Pastoral da Juventude – Que tipo de relação o senhor pretende manter com as universidades, parcerias que beneficiem os jovens universitários mimosenses?
Prefeito Angelo Guarçoni - O município não pode ter essa parceira com as universidades porque com a Lei de Diretrizes e Bases ficou dividido o que seria do Município, Estado e Governo Federal. Hoje Mimoso não pode contemplar com Bolsa de Estudo e transporte. Assumimos a gestão com uma dívida de R$ 2.412.000,00 (dois milhões e quatrocentos e doze mil reais) e dessa dívida hoje nós só temos a liquidar 206.000,00 (duzentos e seis mil reais). O restante foi tudo pago. Temos ainda a dívida com a Escelsa de R$ 930.000,00 (novecentos e trinta mil reais) em que já negociamos o pagamento. E ainda hoje não temos disponibilidade financeira para manter parceria em beneficio dos jovens com pagamento da Bolsa de Estudos, além disso existe uma proibição pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação porque houve uma divisão do que seria dos municípios, estado e governo federal, em que o município ficou com a Pré Infância até o 9º ano, o Governo do Estado ficou com Ensino Médio e o Governo Federal ficou com o 3º Grau dos Ensinos Técnicos.

Pastoral da Juventude - – Por que em Mimoso não temos o auxílio total de transporte público dos universitários que estudam em outras cidades, benefícios estes que os universitários de Presidente Kennedy e Iconha tem acesso?
Prefeito Angelo Guarçoni - Somos obrigados e lei a investir na Educação 25% de todas as arrecadações do FPM e ICMS para manter os seis ginásios do 1º ao 9º ano, bem como as creches, jardim de infância e mais treze escolas multisseriadas do campo. Em janeiro a receita na Educação foi de R$ 724.425,28 e uma despesa de R$ 617.000,00, em fevereiro receita foi de R$ 538.876,22 e uma despesa de R$ 749,495,09 e o que mais nos apavora é saber que no mês de março tivemos receita de R$ 465,483,86 com o gasto total na Educação incluindo pagamento de servidor, transporte e merenda de R$957,127, 51. O que muito nos preocupa são os parcelamentos existentes entre INSS no valor total de R$265.000,00, Instituto de Previdência, Ministério da Fazenda, Escelsa, repasses para a Casa Reviver, pagamentos oriundos de sentença judicial, Hospital, mais os serviços administrativos e obrigações fiscais, transporte escolar de R$ 167,800,00, mais serviços fixos e essenciais. Só em parcelamentos uma obrigatoriedade mensal de mais de R$700.000,00 com uma folha de pagamento de R$1.877.390,87, incluído o IPREV Financeiro de R$ 120.000,00, IPREV Previdenciário no valor de R$52.380,00 e aporte de recursos próprios de R$284,622,00 para pagamento dos aposentados e pensionistas. Um município que arrecada de R$ 2.963.654,03 no primeiro trimestre e tem um gasto fixo de R$ 3.116.000,00 ficando deficitário, sendo que desses gastos não há como “cortar” porque são feitas para manutenção dos serviços básicos. Mas apesar das dificuldades, lanço um desafio: a Prefeitura enviaria dois ônibus para Cachoeiro de Itapemirim gratuitamente e os alunos ajudariam a custear pelo menos 50% dos ônibus para Campos que daria o total de 50% para os alunos. fica a critério da avaliação dos jovens, na qual aguardo um retorno. Presidente Kennedy recebe uma arrecadação de 2 bilhões de reais e tem uma realidade totalmente diferente de Mimoso do Sul, portanto não serve como parâmetro de comparação.

Pastoral da Juventude – Que providências serão tomadas para resolver o grande número de cães abandonados pela cidade, que podem transmitir doenças não só aos jovens como a toda população?
Prefeito Angelo Guarçoni - Uma das formas de se resolver definitivamente é a Criação do Centro de Zoonoses, porém esse custo, no momento, infelizmente não há como. Esse é um grande problema que gera a preocupação de muitas pessoas que pelos grupos do Facebook, Whatsapp fazem um trabalho voluntário realizando o acolhimento e até castração desses animais de rua. Existe uma saída que estamos em análise que a de pensar inicialmente em fazer um trabalho junto a Universidade Federal do ES de Alegre para o sistema de castração diminuindo a disseminação de procriação com o controle de animais de rua. Todo projeto tem custo, mas podemos trabalhar nessa vertente e analisar o que traz melhor resultado com menor custo no momento.

Pastoral da Juventude - O que será feito para recuperar a Praça de Esporte (quadra e academia)?
Prefeito Angelo Guarçoni -Iniciamos com a melhoria da iluminação e com o serviço de podas de árvores que dentro de dois meses terão melhor aspecto (as podas), porém tudo estaciona na questão financeira. Temos um projeto já esboçado que é o Projeto Praça Saudável que visa a melhoria do aspecto e o ambiente da Praça das Mangueiras com a construção de um parquinho para crianças, reabilitação das quadras, construção de pista de skate em que tivemos a primeira conversa com Secretário de Esportes Max da Matta e estamos confiante. Além do calçamento da Praça em sua totalidade, reservamos programações para o final de semana valorizando os músicos de nossa terra. Quanto a Academia Popular, temos que avaliar a sua localização porque desde quando montamos ficou sem manutenção e ao ar livre, vamos avaliar e ver se ali é realmente o melhor local (na época achamos que era). Também precisamos avaliar se podemos fazer uma tapagem, como novos aparelhos e acompanhamento com Professor de Educação Física. Lançamos uma enquete no Facebook indagando o que as pessoas acham de fechar a Praça das Mangueiras, de sexta a domingo das 18h00 às 00h00, que é um pedido de muitas mães para trazer maior segurança ao local. Vamos agendar uma reunião com os comerciantes da área, porque muitos acham que se fechar a praça diminui as vendas e priva os veículos de circular, mas temos um grande espaço de estacionamento.

Pastoral da Juventude – O que será feito para resolver o problema do esgoto que está poluindo nossos córregos e rios, destruindo a fauna e flora local, contaminando nascentes e afluentes, transmitindo doenças aos jovens e a toda população?
Prefeito Angelo Guarçoni -Nossa busca é incansável junto a FUNASA para que possamos inicialmente fazer nova captação de água para Mimoso e também conseguir recursos para conclusão de saneamento básico da sede e de nossos distritos. Já em conversa com Superintendente da FUNASA, Nilton Andrade, temos a busca por uma Estação de Tratamento de Esgoto em parceria com o SAAE de Mimoso do Sul, uma vez que existe desde a gestão do prefeito Ronan Rangel, uma obra desta Estação de Tratamento, na qual hoje ficamos impedidos de conseguir as licenças ambientais porque ela encontra-se rodeada de residências. Já fizemos nova avaliação com o próprio pessoal da FUNASA, através de método mais moderno, que é a Estação de Tratamento atualmente utilizada para o tratamento do esgotamento sanitário, o qual os primeiros estudos seriam nas imediações da antiga Usina Hidrelétrica Rubens Rangel. Para que isso aconteça precisamos ter 100% dos esgotamentos sanitários ligados a rede municipal que vá até a Estação de Tratamento de Esgoto, aí sim teríamos 100% de despoluição de nossos rios, córregos e afluentes do Rio Muqui do Sul.

Pastoral da Juventude – Qual a política de cultura adotada na cidade e onde e no que ela se aplica a juventude mimosense?
Prefeito Angelo Guarçoni -Todo projeto cultural, sem desmerecer a faixa mediana, bem como a Melhor Idade, se começa e projeta através dos jovens na arte da música, no teatro, em vários setores e aptidões. Temos boa vontade no resgate de projetos, Capela do Conservatório de Música, resgatar a Escola de Sanfona e Viola, fazer com que o envolvimento dos jovens não fique só no pensamento que só o esporte pode resolver e sim na análise de cada aptidão, cada um com sua preferência, englobando ao máximo possível, como a arte do teatro, música, futebol, trabalhando assim em várias modalidades dentro do esporte e cultura para ocupação e, muito mais, na Educação. Queremos trabalhar junto ao Serviço de Patrimônio da União (SPU) para a concessão do Prédio da Estação Ferroviária na criação de um Centro Cultural; Temos um primeiro trabalho com FCA para resgatar a estação e estamos aguardando permissão para trabalhar. O documento solicitando foi encaminhado. Queremos oferecer apoio aos projetos culturais em que a juventude de Mimoso elencar como prioridades. Deixar aberto aos participantes quais são essas prioridades.

Pastoral da Juventude - O que será feito no Teatro Stenio Garcia?
Prefeito Angelo Guarçoni – Estamos buscando convênio via Ministério da Cultura para uma reforma geral porque foi detectado pelo setor de engenharia a precariedade da parte do telhado, bem como o setor elétrico, pretendemos construir uma saída de emergência adequadas as regras de segurança junto ao Corpo de Bombeiros Militar. A reforma deve ser geral: ampliação do Hall, para melhorar recepção nos eventos, porta de emergência e construção de uma passarela externa até os fundos do Banco do Brasil que é a nossa área. melhorias no palco, camarins e coxias, revisão da iluminação, aquisição de som e reparos no telhado além de incentivar a formação de Grupos de Teatro em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, junto aos estudantes, para apurar as vocações artísticas, gerar cursos de teatro, balé, danças, apresentações, músicas. O importante também é que a sociedade compareça, que tenha público.

Pastoral da Juventude – Projetos para o entorno da área do Cristo?
Prefeito Angelo Guarçoni - Quando estive em Brasília em audiências com alguns ministros, dentre os quais o Ministro do Turismo, Dr. Marx Deltrão, fiz a entrega pessoalmente do projeto de recuperação de toda a área de encostas no Cristo Redentor, além das drenagens e pavimentação de todo acesso ao Monumento do Cristo, a área do próprio Cristo com a revitalização. Estamos aguardando o retorno do Ministro.

Pastoral da Juventude - Existe alguma proposta para atrair novas empresas que possam criar mais empregos para os jovens?

Prefeito Angelo Guarçoni - Depende do Pólo que será criado no Sul do Estado. Em passado próximo tínhamos uma perspectiva através de um programa criado por nós prefeitos com ajuda do Instituto Jones dos Santos Neves de se formar um Programa de Desenvolvimento do Extremo Sul Capixaba e neste programa queríamos incluir os municípios do extremo sul com poucas possibilidades, como Mimoso, Muqui, Apiacá e Bom Jesus no pólo eixo de crescimento do que estava se projetando para a área litorânea sul para o Sul do ES para Itapemirim, Marataízes e Presidente Kennedy. A partir do momento que os projetos chegassem a esses municípios, queríamos, além de ofertar mão de obra qualificada, ser a sede de pequenas empresas alimentadoras dessas grandes empresas e grandes empreendimentos. Hoje surgiu novamente uma nova luz ao fim do túnel com a ligação das cidades metropolitanas da Capital saindo de Cariacica um Ramal Ferroviário EF 518 até o Porto Central que já está com liberação de implantação em Presidente Kennedy. Vamos continuar trabalhando para que Mimoso possa ainda aproveitar áreas para montagem dessas pequenas indústrias que poderá alimentar todos os empreendimentos vindos para municípios vizinhos da área litorânea. Por questões de logística, por estarmos um tanto quanto distante de portos e aeroportos hoje não temos como almejar e nem conseguir trazer investimentos empresarial para Mimoso. Queremos crer que com a construção dessa ferrovia e abertura do Porto Central, duplicação da BR 101 e por estarmos próximos das divisas dos Estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro podemos trabalhar para que esse sonho de criar oportunidade – que não depende do prefeito – seja realidade, porque depende das forças políticas do Estado que temos buscando diálogo permanente com senadores, ministros, governador, deputados estaduais, deputados federais e até com o Presidente da República Michel Temer, no qual tivemos contato direto no sentido de reivindicar através de uma agenda única em prol do crescimento do Estado do Espírito Santo.

Pastoral da Juventude – Em Mimoso existe o Conselho Municipal de Juventude? Se não existe, por que não existe e o que pode ser feito para sua criação em Mimoso?
Prefeito Angelo Guarçoni - Sabemos que existe o Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, criado há bastante tempo por determinação e obrigatoriedade por Lei Federal para garantir os direitos e deveres das crianças e adolescentes. Deve-se procurar saber se existe respaldo legal para a criação e se existe um modelo, desde que seja apolítico para realmente resolver os problemas de nossa juventude. Se realmente existe e se pretende reativar pode contar com a boa vontade da administração para a reativação do mesmo.

Pastoral da Juventude – Em relação ao Pro Jovem, quando voltará a ser implantado em Mimoso?
Prefeito Angelo Guarçoni - O Programa Pro Jovem foi extinto pelo Governo Federal. Em minha última ida a Brasília, em audiência com o Ministro Ronaldo Nogueira, que nos informou que o Governo Federal está montando um novo projeto similar ao Pro Jovem Trabalhador Juventude Cidadã (ainda está em estudo).

Pastoral da Juventude -– Qual programa de emprego é usado para beneficiar a juventude?

Prefeito Angelo Guarçoni - Temos o Programa Jovem Aprendiz que vamos implementar, temos os estágios fornecidos pelo município em diversas áreas. No primeiro mandato fizemos o Pro Jovem que existia a obrigatoriedade de inserir no mercado de trabalho no mínimo de 30% dos jovens que estavam se qualificando através do pro Jovem Trabalhador. Vamos analisar via Controladoria do município para saber se há a possibilidade de trabalhar com cota para a juventude e retornamos com essas informações aos jovens.

DSC_0329 DSC_0331 DSC_0335 DSC_0336 DSC_0337 DSC_0339 DSC_0341 DSC_0349 DSC_0353 DSC_0354 DSC_0357 DSC_0360 DSC_0367 DSC_0369 DSC_0372 DSC_0375 DSC_0377 DSC_0379 DSC_0381 DSC_0388 DSC_0393 DSC_0394 DSC_0395 DSC_0397

Busca

Mimoso in foco 2013 - Todos os direitos reservados
renatoalcantara.com