Noticiário

Governador inaugura obras da encosta do Morro do Cristo em Vídeoevento

Terça-feira, 11 de Agosto de 2020 às 18:21

Por Redação in Foco

Sexta-feira, 19 de junho de 2020, às 12h00. 

fdad9081-a429-4106-83c5-0e1be25443a6

 

Por Redação In Foco

Foi inaugurada, através de Vídeoevento, promovido pelo Gabinete do Governador do Estado do Espírito Santo, Renato Casagrande, a inauguração das obras de contenção de encosta e barreira dinâmica do Morro do Cristo no município de Mimoso do Sul., contando com a presença de deputados estaduais.

A inauguração aconteceu nesta manhã de sexta-feira, dia 19 de junho, através do Governador, por meio do Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES), Secretários Estaduais e Deputados em evento transmitido pelas redes sociais com a participação do Prefeito Municipal Angelo Guarçoni, o Vice Presidente da Câmara de Vereadores Marcus Vasconcelos Lopes (Lopinho), o Presidente do Hospital Apóstolo Pedro e demais vereadores, secretários municipais e equipe da Defesa Civil.

Foram investidos R$ 7.397.013,93 nas obras, que se fizeram necessárias por se tratar de medida profilática de segurança em uma região alta no Estado. O governador Casagrande destacou a importância das intervenções, já que havia o risco de desmoronamento de pedras, ameaçando moradores e o Hospital Apóstolo Pedro. “Estamos muito felizes em inaugurar essa obra, pois sabemos da importância dela para o cidadão de Mimoso do Sul. É uma grande honra realizar essa importante obra que trará segurança aos moradores da cidade. Estamos contribuindo com investimentos em outras áreas para o município”, afirmou.

Casagrande ressaltou a presença do Governo do Estado no município desde o início do ano passado. “É bom ratificarmos a importância de estarmos ajudando no desenvolvimento de toda a região sul, que demanda um investimento maior”, pontuou o governador, lembrando que a região foi atingida pelas fortes chuvas no início deste ano. O Estado também está apoiando os municípios e a população nesse trabalho de reconstrução.

O trecho de obra é composto de barreira dinâmica 350 metros, com um intenso trabalho de mitigação do alto grau de risco geotécnico. A encosta também recebeu um sistema de contenção de concreto denominada de contrafortes atirantados, que consiste em ancorar as rochas maiores para que elas não se desprendam da montanha. Foram utilizadas barreiras de impacto com tecnologia suíça que têm a função de reter blocos de pedra e terra.

“Foi uma obra de difícil execução, numa encosta muito íngreme, com vários blocos de rochas soltos. Foram construídos vários contrafortes para conter todo o maciço rochoso solto. Com os trabalhos concluídos, a cidade de Mimoso do Sul está com a certeza de que não haverá desmoronamentos, já que a obra pronta deixa a região totalmente segura”, comentou o diretor presidente do DER-ES, Luiz Cesar Maretto Coura.

O secretário de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente, citou a urgência na realização da obra. “O Morro do Cristo é um símbolo de Mimoso do Sul e o hospital, que fica embaixo do morro, e tem mais de 80 anos de história, corria risco. Esta obra é uma das mais importantes para o município e agora garante a tranquilidade dos moradores. A princípio, a contenção seria executada pela Sedurb, mas devido à urgência para realizar a intervenção, acabou sendo feita pelo DER. Entretanto, nossa Secretaria atuou em toda a articulação e deu apoio técnico com nossos engenheiros”, disse.

Marcus Vicente ainda completou: “Quero parabenizar ao trabalho de equipe do Governo, com Sedurb e DER, inclusive com a Sesa que se colocou à disposição com relação ao hospital, e ao governador Renato Casagrande por entender a urgência da obra e por estar sempre preocupado em resolver o mais rápido possível”.

Levando em mãos o primeiro ofício feito ao Governador solicitando as obras e relatando a importância das mesmas, o Prefeito Municipal Angelo Guarçoni (Giló), afirma que está muito feliz em oficializar a entrega dessa obra que tem como principal valor a dignidade. “Na época, toda essa preocupação pairava sobre a minha responsabilidade. Eu tinha que evacuar 75 famílias, retirar o hospital do local e também a delegacia que conseguimos alocar uma casa para o seu funcionamento com aluguel pago através de recurso próprio da Prefeitura. Falar dessa obra e ver a concretização, uma obra com esse tamanho e desse porte, de um valor tão alto, que além disso ainda há uma barreira dinâmica de 350 metros, que aguenta impacto de trinta toneladas no entorno das casas que margeiam o Bairro Morro da Palha, Casarão, Hospital e Delegacia, são de suma importância para a nossa população”, destaca.

4cebbee5-1796-4b6e-86e0-58a7f1c6e8ea 540b88c4-9f3e-4018-aa2a-bfdcdeadc696 872206e6-00ab-479e-ba16-3d55332cb10a e78502cf-32ea-4a2b-a10f-1aa10e3e15ea

Busca

Mimoso in foco 2013 - Todos os direitos reservados
renatoalcantara.com