História de Mimoso

PARTE 3 ESPECIAL HALLOWEEN: Abrigo Indígena em Mimoso

Quinta-feira, 22 de Outubro de 2020 às 03:40

Por Redação in Foco
Segunda-feira, 31 de outubro de 2016, às 19h10.
formato

A antiga gruta em enorme pedra é uma das curiosidades encontradas em Mimoso

Por Renato Pires Mofati

 

 

Mais um mistério em Mimoso do Sul!

Pedra em forma de gigantesca concha abriga gruta antiga na Fazenda Paulicéia. Essa é uma boa opção para uma caminhada ecológica.

Bastando circular por seus domínios que logo se percebe algo diferente, como já comentados: A caverna de ossos, O Cemitério de são Miguel, As ruínas de tempos escravagistas nas Fazendas Reforma e Saudade, O Porta da Limeira e Vila da Rainha e agora esta encosta, esta formação rochosa existente na sede da Fazenda Paulicéia, que segundo representantes do IPHAN, pode ter sido uma Abrigo Indígena tempos atrás!

Ao observar esta obra da natureza, logo vem a nossa mente que ali poderia de fato ter sido morada de índios e outros em épocas passadas, pois o teto dessa pedra se projeta numa incrível horizontal que dá a impressão de que tudo acima vai se despencar sob nossas cabeças. Esse tipo de teto é como uma proteção contra as intempéries da natureza.

Calcula-se que do chão, ao ponto máximo de altitude da pedra, há aproximadamente 40 metros. Em sua crista frontal, grandes caneletas se formaram como aquelas existentes em montanhas na descida de nossa serra em direção a BR 101 (Propriedade do Sr. Lilinho Perciano).

Imaginemos quantos milhares de anos foram necessários para que tal efeito pudesse ser criado e agora visto a nossos olhos! Ao repararmos os detalhes existentes na gruta, o granito de suas paredes é diferente, pois parece ter sido alisado, lixado ou polido naturalmente, ou seja, desgastado com o tempo.

Na parte alta e frontal da pedra, grandes buracos se formaram feitos enormes “panelões” e em determinado horário, com a sombra projetada do sol, forma-se perfeitamente a grande face de uma caveira na pedreira, fato realmente interessante de se ver!

Para chegar ao local, basta seguir pela Rodovia Rubens Rangel, destino a BR 101, entrar a esquerda após a ponte da Braúna. Ou seguir pela estrada em direção a Fazenda Cruzeiro (Gamboinha) e lá se informar para seguir até a Fazenda Paulicéia. Da sede de Mimoso até o local da Pedra, são 09 quilômetros.

Segundo estudos e informações apuradas, os índios existentes por aqui foram: Tupis Coroados, e os temíveis Temiminós (esses se juntaram a Mem de Sá e aos Portugueses contra os Franceses e os Índios Goitacazes).

 

Busca

Mimoso in foco 2013 - Todos os direitos reservados
renatoalcantara.com